Esporte

Seleção sacrifica clima para ter grupo completo antes de amistosos na Arábia Saudita

Tite deverá ter 22 jogadores já no primeiro treino em Londres, praticado com pelo menos 15 graus a menos do que deverá encontrar no jogo da próxima sexta-feira, em Riad

Tite comandará primeiro treino no CT do Tottenham nesta segunda — Foto: Pedro Martins/MoWa Press

A seleção brasileira começa a treinar nesta segunda-feira, em Londres, com uma sensação térmica de aproximadamente 16 graus e 78% de umidade no ar, para o amistoso da próxima sexta-feira contra a Arábia Saudita, que deverá ser disputado com mais de 30 graus e baixíssima umidade, na capital Riad.



A comissão técnica prepara os jogadores para a mudança climática que sofrerão a partir de quinta-feira, quando farão o primeiro treino em território árabe, mas a CBF afirma que a estratégia de logística compensa, a partir do ponto em que terá mais tempo com todo o grupo reunido.

Como 21 dos 24 convocados atuam na Europa, a apresentação deles em Londres é muito facilitada pela extensa malha aérea. Além disso, o Brasil fará três treinamentos no CT do Tottenham, conhecido da comissão técnica, já que também hospedou a delegação durante a preparação para a última Copa do Mundo.

Nesta segunda-feira, Tite deverá ter 22 jogadores à disposição. Apenas Renato Augusto, que vem da China, chegará ao CT já com bola rolando – a atividade começará às 16h e ele deve aparecer por volta das 16h30.

O atacante Everton, do Grêmio, teve uma lesão na coxa direita no último sábado, durante empate com o Bahia, e tem grande chance de ser cortado. A comissão técnica aguarda por exames médicos que serão feitos ainda na manhã desta segunda, em Porto Alegre.

*Alexandre Lozetti — Londres, Inglaterra

Facebook Comments
Compartilhe: