Geral

Santa Casa de Jacarezinho recebe novos equipamentos

Investimentos são de R$ 2 milhões com verbas obtidas pelo deputado estadual Luiz Carlos Martins

Unidade recebeu investimentos de R$ 2 milhões com verbas obtidas pelo deputado Luiz Carlos Martins (Divulgação)

A Santa Casa de Misericórdia de Jacarezinho recebeu neste inicio do ano novos equipamentos para modernização de suas instalações, garantindo melhor resolução nos atendimentos e procedimentos oferecidos pela instituição. Fazem parte dos equipamentos: camas para as enfermarias, novas mesas de cirurgia com comando elétrico, aparelho de tococardiografia para atendimento das parturientes, mesas de parto e pré-parto, com comando elétrico, aparelho de anestesia, alem de mobiliário para enfermarias.



Foram adquiridos também, sempre através de licitação pública, aparelho de gasometria, aparelhos de eletrocardiografia, oximetros e dezesseis monitores multiparametros para o Centro Cirúrgico e para a UTI. De acordo com o responsável técnico pela UTI, o cardiologista e intensivista Dr. Mauricio de Castro, os novos equipamentos trarão mais segurança e resolutividade no atendimento dos pacientes da região, encaminhados para a Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa, que conta hoje com 10 leitos e atende uma população de aproximadamente 300 mil habitantes.

A aquisição destes equipamentos só foi possível graças ao empenho e trabalho do deputado estadual Luiz Carlos Martins, que conseguiu a liberação dos recursos no ano passado no valor de R$ 2 milhões para a modernização das instalações. Segundo o presidente da Santa Casa de Misericórdia de Jacarezinho, Dr. Nilton José de Souza, estes recursos advindos de verbas parlamentares são de extrema importância para a continuidade dos trabalhos da instituição como referencia para atendimento dos municípios da região.

A Santa Casa realiza em média 4500 atendimentos no Pronto Socorro e 360 internamentos mensais, em grande parte pacientes que necessitam de procedimentos cirúrgicos de maior complexidade e custo. O grande desafio enfrentado pela instituição, segundo seu presidente, é o equilíbrio financeiro, já que a quase totalidade dos recursos são oriundos de recursos públicos, principalmente do SUS.

O Pronto Socorro Municipal, que funciona nas dependências da Santa Casa, atende em média 150 pacientes ao dia, recebendo recursos através de subsidio da Prefeitura Municipal, suficientes para manter plantão médico presencial ininterrupto, mas insuficiente para manter o plantão médico de sobreaviso nas especialidades de retaguarda 24 horas por dia, entre elas anestesia, ortopedia, neurocirurgia, ginecologia, pediatria, clinica médica e cirúrgica, além de Tomografia e plantão médico na UTI.

Ainda segundo o Presidente, está em estudo projeto de reforma e modernização das instalações do Pronto Socorro, bem como a colocação de mais um médico plantonista em parceria com a Prefeitura Municipal, visando mais agilidade no atendimento dos pacientes que procuram a instituição. A economia obtida com a chegada desses equipamentos obtida com a ajuda de nossos deputados, em especial nesse caso de Luiz Carlos Martins, possibilita a concentração dos recursos para a manutenção dos serviços de enfermagem e de infraestrutura, imprescindíveis ao funcionamento da Santa Casa, complementa o Dr. Nilton.

Facebook Comments
Compartilhe: