Geral

Reinhold Stephanes assume Secretaria da Administração

Transmissão de cargo na Secretaria da Administração e Previdência. Sai Fernando Ghignone e entre Reinhold Stephanes. – Foto: Jaelson Lucas/ANPr

O novo secretário estadual da Administração e da Previdência, Reinhold Stephanes, assumiu o cargo nesta quarta-feira (02), em solenidade no Palácio das Araucárias, sede do órgão. A transmissão foi feita pelo secretário anterior, Fernando Ghignone. Dezenas de servidores e convidados prestigiaram o evento.



A proposta do governador Carlos Massa Ratinho Junior é alterar o nome do órgão para Secretaria de Estado de Gestão Pública. Esta é a terceira vez que Stephanes assume a Secretaria da Administração; a última foi no período de março a outubro de 2016.

Ele disse que, apesar de ter dado como encerrado o ciclo de cerca de 50 anos de vida pública, inclusive com mudança de cidade, foi convidado a retornar. Stephanes esteve na coordenação do programa de governo da nova administração. “Sou muito profissional e todos aqui são profissionais”, destacou. “O que foi feito está muito bom, mas temos que dar sempre um salto à frente”.

O ex-secretário Fernando Ghignone ressaltou que, nos últimos oito anos, passou pela presidência da Sanepar, depois pela Compagas, e, há um ano e meio, na Secretaria da Administração e da Previdência. “Foram oito anos de muito aprendizado. Procuramos dar um rumo moderno, sério e ético de administração pública”, afirmou.

CURRÍCULO – Reinhold Stephanes, nascido em Porto União (SC), em 13 de agosto de 1939, é um dos políticos com maior experiência administrativa do País. Sua carreira começou a se projetar aos 26 anos, quando assumiu a Secretaria da Fazenda do município de Curitiba, após alguns anos na Diretoria Central do Orçamento do Estado do Paraná.

Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Paraná, em 1963, com especialização em Administração Pública, na Alemanha, e em Desenvolvimento Econômico, pela Cepal/ONU, ocupou vários cargos federais e estaduais.

Foi ministro do Trabalho e Assistência Social; Previdência e Assistência Social; e Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Presidiu o Instituto Nacional de Previdência Social (INPS) e o Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (Inamps). Também foi diretor do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e secretário de Apoio do Ministério da Educação.

No Governo do Paraná, foi secretário da Agricultura, da Administração, do Planejamento e Coordenação Geral e da Casa Civil, além de presidir o Banco do Estado do Paraná (Banestado).

A atuação como parlamentar começou em 1979, com a primeira eleição para a Câmara dos Deputados, conquistando oito mandatos.

Facebook Comments
Compartilhe: