Cidades

Ratinho diz que região terá presença em governo do filho

Para ele, eventual vitória de Ratinho Junior é a resposta dos paranaenses às dinastias políticas

(Foto: Tribuna do Vale)

O apresentador do SBT, Carlos Massa, o Ratinho, fez um giro pela região nesta quinta-feira (6) e, em Santo Antônio da Platina, esteve na redação da Tribuna do Vale acompanhado do candidato a deputado estadual, Pedro Claro de Oliveira (PSD), do ex-prefeito José Afonso Junior e de várias lideranças da região. Em entrevista ele foi taxativo em afirmar que o Norte Pioneiro terá atenção especial de seu filho, Ratinho Junior, candidato a governador pelo PSD.



Apresentador Ratinho visitou a redação da Tribuna do Vale (Foto: Antônio de Picolli)

“Além de desenvolver políticas de governo para mudar radicalmente a realidade social e econômica desta região, tenho certeza que o Norte Pioneiro vai participar da administração estadual de meu filho, cedendo um nome para participar do governo”, assinalou.

Para o apresentador, o desempenho de Ratinho Junior nas pesquisas, em que lidera com chances reais de vencer no primeiro turno, é a resposta dos paranaenses à tentativa dos grupos políticos dominantes (famílias Requião e Barros) de impor suas dinastias no controle do Estado. “O senador Roberto Requião lança o sobrinho João Arruda. O deputado federal Ricardo Barros aposta na sua mulher, Cida Borghetti”, alfinetou.

Para ele, o filho, ao contrário, tem um projeto de governo para transformar o Paraná e antecipou que uma das prioridades para o Norte Pioneiro é a implantação de cursos técnicos nas duas universidades públicas da região (UENP e Universidade Tecnológica) e implantação de infraestrutura para atrair empresas. “Empresário investe onde tem infraestrutura e mão-de-obra qualificada”, sintetizou.

Para ele, Ratinho Junior vem se preparando há 15 anos para governar o Paraná e uma das medidas que considera emergencial é reduzir o custo da administração pública. “O Estado tem mais de seis mil imóveis, muitos sem utilidade. Aqueles que não estiverem sendo utilizados têm que ser vendidos. Acho louvável a decisão do Juninho (Ratinho Junior) de se desfazer da Granja do Canguiri e Ilha das Cobras”, ressaltou, acrescentando que, “numa sociedade como a nossa, com milhões de pessoas sem moradias, é vergonhoso um governante ter mansão e ilha para se refestelar no poder”.

Receptividade        

Incrível foi a receptividade da população em todas as cidades em que o apresentador Ratinho passou. Outro ponto marcante foi a forma afetuosa com que tratou a todos que pediam um abraço ou pose para uma foto.

O pai do candidato ao governo do Paraná, Ratinho Junior mostrou-se um cabo eleitoral que faz a diferença numa disputa. O giro por oito cidades do Norte Pioneiro começou na manhã de quinta-feira, 6, primeiro em Siqueira Campos, às 09h30. Em seguida foi a vez de Ibaiti, às 10h45, e, Santo Antônio da Platina, às 12h. Na sequência foi para Jacarezinho, às 13h30, seguindo logo após para Ribeirão Claro 14h45.

A programação previa ainda Cambará, às 16h, Bandeirantes às 17h30 e, por último, Cornélio Procópio às 20h. Em Bandeirantes, o apresentador deveria participar de uma carreata e realizar um comício, aliás o primeiro evento deste tipo na disputa deste ano.

 

Facebook Comments
Compartilhe: