Cotidiano

Polícia Rodoviária recebe novas motocicletas para patrulhamento

A30 motocicletas Harley Davidson e oito BMW vão reforçar a frota da PRE – Foto: Arnaldo Alves / ANPr.

A governadora Cida Borghetti autorizou na terça-feira (05) a compra de 30 motocicletas Harley Davidson para melhorar a mobilidade e o patrulhamento da Polícia Rodoviária Estadual nas rodovias concessionadas e no seu entorno. Na mesma solenidade, no Palácio Iguaçu, Cida entregou oito motocicletas BMW à corporação, adquiridas pelas concessionárias do Anel de Integração. A governadora também lançou o programa Bateu Rodoviário, que permite ao cidadão fazer o registro de acidentes pelo meio digital.



Com investimento de R$ 2,2 milhões, a licitação realizada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR) para a aquisição das motos Harley Davidson já está homologada. A previsão é que no início do segundo semestre elas estejam disponíveis para policiamento.

“Ações como esta demonstram a unidade dos órgãos do Estado em favor da população paranaense”, afirmou a governadora. “A Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Militar, DER-PR e a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística trabalham de forma integrada para ampliar a segurança dos motoristas que trafegam pelas rodovias estaduais”, ressaltou.

As viaturas entregues nesta terça-feira serão destinadas para as companhias rodoviárias das regiões de Curitiba, Litoral, Londrina e Ponta Grossa. Já as Harley Davidson, que são de um modelo exclusivo para operações policiais, serão enviadas para todos os comandos da Polícia Rodoviária no Estado, que monitora 12 mil quilômetros de rodovias e conta com seis companhias e 56 postos rodoviários.

INTERLOCUÇÃO – O secretário estadual de Infraestrutura, Abelardo Lupion, explicou que o DER-PR tem parceria tanto com a Polícia Rodoviária Estadual como com as concessionárias, e faz a interlocução entre os dois entes. “O convênio propicia que a Polícia Rodoviária Estadual tenha equipamentos suficientes para combater o crime. É preciso dar condições para que eles possam fazer a sua parte”, disse.

Ele afirmou que, além das motocicletas, o Governo do Estado também renovará as viaturas da Polícia Rodoviária Estadual, com a aquisição de 70 caminhonetes. “Com isso, daremos condições para que a polícia possa fazer o seu papel”, salientou Lupion.

O comandante da Polícia Rodoviária Estadual, tenente-coronel Erich Osternack, afirmou que os veículos são apropriados para o trabalho de patrulhamento nas estradas de todo o Estado. “São motos multiuso, completamente versáteis para o serviço operacional do Batalhão de Polícia Rodoviária”, afirmou. “Elas vão se somar com a nossa frota, melhorando consideravelmente a prevenção e as operações policiais que fazemos com o objetivo de diminuir o número de acidentes e, consequentemente, de mortos e feridos nas rodovias estaduais”, disse.

CONCESSIONÁRIAS – Os contratos firmados pelo DER-PR prevêem o repasse de um valor mensal destinado ao reaparelhamento das polícias rodoviárias, proporcional à extensão do trecho concessionado. Cabe às polícias rodoviárias escolher o tipo de material e equipamento, o DER-PR autoriza a compra e a concessionária efetua a compra e entrega para a polícia. As motocicletas tiveram um custo total de R$ 430 mil e foram adquiridas pela Rodonorte (4), Ecovia (2) e Econorte (2).

Com esta verba de reaparelhamento, a Polícia Rodoviária já adquiriu veículos para serem usados como viaturas policiais, vans utilizadas como postos móveis, radares de velocidade, etilômetros, cones de sinalização, entre outros itens. Desde 2004 não eram adquiridas motocicletas através de convênios entre DER-PR, Polícia Rodoviária Estadual e concessionárias.

BATEU RODOVIÁRIO – O programa Bateu Rodoviário (Boletim de Acidente de Trânsito Eletrônico Unificado) é uma extensão do serviço homônimo da Polícia Militar do Paraná ao âmbito de fiscalização do órgão estadual rodoviário. O programa será executado em conjunto entre a PM e o DER. Os policiais rodoviários estaduais continuarão atendendo as ocorrências no local, porém os boletins de acidente, que atualmente precisam ser retirados presencialmente no DER-PR, poderão ser acessados pela internet, com a opção para o cidadão imprimir o documento.

A iniciativa, que atende ao decreto de desburocratização dos serviços públicos assinado em abril pela governadora Cida Borghetti, vai facilitar a vida de envolvidos em acidentes de trânsito em rodovias estaduais, desde que sem vítimas. “Além de facilitar o acesso dos cidadãos ao boletim de ocorrência, a medida vai desafogar o trânsito nas estradas na hora da batida e evita novos acidentes”, destacou a governadora.

De acordo com o comandante da Polícia Rodoviária, o boletim eletrônico vai também influenciar no serviço dos policiais rodoviários. “Além de facilitar a vida do usuário, que vai poder imprimir o boletim em sua própria casa, o serviço policial vai ser muito mais fácil. O agente não terá o retrabalho de fazer um boletim manual e depois passá-lo para o sistema. O policial não perderá tanto tempo na confecção da documentação e poderá focar seu trabalho de prevenção e policiamento”, explicou.

Os policiais rodoviários estão finalizando os treinamentos para que o sistema Bateu Rodoviário seja implantado a partir da segunda quinzena de junho. Quem for atendido em local de acidente receberá orientações de como retirar o boletim pelo www.bateu.pr.gov.br.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o diretor-geral do DER-PR, Paulo Tadeu Dziedricki; secretário estadual de Segurança Pública, Júlio Reis; a comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Audilene Dias Rocha; o chefe da Casa Militar, coronel Maurício Tortato; o secretário de Assuntos Estratégios, Edgar Bueno; o ajudante-geral da Polícia Militar, coronel Reginaldo da Silva de Oliveira; os idealizadores do Bateu, capitão Sílvio Cordeiro e soldado Edivaldo Marques Rodrigues; e os deputados estaduais Pedro Lupion, André Bueno e Nelson Justus.

 

Facebook Comments
Compartilhe: