Cidades

Polícia investiga se a morte de menino de 9 anos foi jogo da ‘Boneca Momo’ ou acidente

(Foto: Reprodução)

Polícia Civil de Pernambuco investiga se a morte por enforcamento de um menino de nove anos, no Recife, está ligada a um desafio que circula pelo WhatsApp.



A corrente cibernética, que usa a imagem de uma mulher magra com olhos esbugalhados e inspirada numa escultura japonesa, é conhecida como “Boneca Momo. O caso recifense, ainda sem data para conclusão das investigações, fez com que escolas de diferentes regiões do Brasil disparassem alertas.

Os comunicados encaminhados aos pais de crianças e adolescentes, de maneira geral, apresentam a “Boneca Momo” como uma isca plantada por criminosos para roubar dados pessoais e propor desafios que podem levar à morte. “Orientamos os pais que fiquem atentos e conversem com seus filhos para evitarem maiores problemas”, diz comunicado de um dos Colégios.

Artur Luis Barros dos Santos, 9, jantava com o pai na sala de casa. A mãe do menino, a professora da rede municipal do Recife Jane Rosária Barros Nascimento, 41, estava com a filha pequena no quarto. O pai saiu da mesa e, alguns minutos depois, a família encontrou o garoto enforcado no quintal com um fio que há muitos anos servia para segurar uma parreira.

Para ler a matéria completa na Folha de São Paulo clique aqui.

Facebook Comments
Compartilhe: