Cotidiano

Polícia Ambiental deflagra operação para combater crimes contra a fauna

Duas residências foram vistoriadas resultando na apreensão de 43 aves silvestres, um revólver calibre 38 e munições

Ação resultou na apreensão de 43 aves silvestres, um revólver e munições (Divulgação)

Na quarta-feira (17), policiais do 4º Pelotão da Polícia Ambiental Força Verde de Jacarezinho realizaram a prisão de um homem de 60 anos, morador na zona rural de Cambará, por crime contra a fauna silvestre, mediante a manutenção de pássaros em cativeiro.



Durante a vistoria no endereço, os policiais encontraram no interior da residência um revólver calibre .38 com registro vencido e munições de calibre restrito. O acusado foi preso em flagrante delito por crime inafiançável.

Na chácara, mantido em cativeiro, os policiais também encontraram 39 espécimes da fauna nativa em gaiolas e viveiros, das espécies Canários-da-terra, Melro, Tico-tico-rei, Coleirinhos, Gaturamo-verdadeiro, Pintassilgo, Bigodinho, Chupim. As aves foram apreendidas, e após análise de biólogo reinseridas na natureza.

Além dos crimes, o infrator também receberá uma autuação administrativa fixada em R$ 500 por espécie apreendida.

Na outra residência vistoriada, a Polícia Ambiental encontrou quatro pássaros nativos, sendo dois Canários-da-terra e dois Trinca-ferro. O responsável assinou um termo de comparecimento em uma audiência de termo circunstanciado de infração penal.

Facebook Comments
Compartilhe: