Acidente

Paraná tem dois acidentes com paraquedistas no fim de semana

(Foto: Jose Casimiro Rosa / Reprodução / Facebook )

Amigos e familiares de Arlei Bichels, 70 anos, lamentam neste domingo (24) a morte do experiente paraquedista, que morreu após um salto no Aeroparque de Paranaguá, no Litoral do Paraná, na tarde de sábado (23). A suspeita do Corpo de Bombeiros é de que o equipamento possa não ter se armado adequadamente causando uma queda em velocidade superior ao normal. Com equipamentos próprios, ele saltava sobre o Aero-Parque da cidade, localizado no bairro São Vicente.



Diversas fotos de Bichel foram publicadas nas redes sociais mostrando que ele era amante da aviação e do paraquedismo. Após o acidente, ele chegou a ser encaminhado por uma ambulância do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) ao Hospital Regional de Paranaguá, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O corpo dele é sepultado na tarde deste domingo (24), em Curitiba, onde morava.Arlei Bichels é professor aposentado da UTFPR, também trabalhou na Copel como engen heiro eletricista e sua última atividade profissional foi como administrador de uma empresa de consultoria.

Outro acidente

Outro paraquedista paranaense, morador de Guarapuava. Nilton Roberto Cremasco Júnior, que possui registro na Federação Paranaense de Paraquedismo, sofreu um acidente também no sábado (23), mas em Castro, nos Campos Gerais do Paraná. Ele ficou ferido após saltar em um evento de paraquedismo.

Segundo testemunhas, ele fraturou a perna e a coluna. O paraquedista foi atendido pelo Corpo de Bombeiros, que fazia plantão no evento, e foi encaminhado de helicóptero ao Hospital Bom Jesus de Ponta Grossa. Até a tarde deste domingo, o hospital informou que Nilton ainda estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Em seu canal no Youtube e perfis no Facebook e Instagram, Nilton Cremasco Jr publica diversas fotos dos esportes que pratica.

Nilton Cremasco Jr está internado na UTI

 

Facebook Comments
Compartilhe: