Acidente

Morre vítima de acidente entre carro e moto na PR-092

Motorista apontado como causador da colisão na tarde de domingo (23) estaria embriagado

Acidente aconteceu na tarde de domingo (23) na PR-092 (Arquivo)

Edson Pintarelo de Oliveira, 38, uma das vítimas do grave acidente ocorrido na tarde de domingo (23), na PR-092, no trecho entre Santo Antônio da Platina e Joaquim Távora, não resistiu aos ferimentos e faleceu na manhã desta sexta-feira (28), em Londrina. Segundo testemunhas, o causador do acidente estaria embriagado.



Oliveira morava em Joaquim Távora, e na tarde de domingo retornava para sua casa em uma motocicleta que tinha como passageira sua esposa, Patrícia Lopes Correia, 37, que também ficou gravemente ferida em consequência do acidente. Ela permanece internada na Santa Casa de Misericórdia de Jacarezinho.

O casal foi atingido por um VW Voyage conduzido por Edson Jacinto, que, segundo testemunhas, teria invadido a pista contrária. No relatório preenchido pelos socorristas que atenderam a ocorrência, informações revelam que o motorista apresentava sinais claros de embriaguez. Populares que acompanhavam o resgate das vítimas também disseram que Jacinto estava sob efeito de álcool e dizia ter dinheiro para arcar com os prejuízos.

Edson Oliveira deixa cinco filhos. O mais novo, um menino de 1 ano e 6 meses. As crianças estão sob cuidados da filha mais velha do casal, uma adolescente de 16 anos. Além do abalo psicológico causado pelo acidente, a família também estaria passando por dificuldades financeiras.

De acordo com parentes, Patrícia Lopes Correia seria submetida a novo procedimento cirúrgico nesta sexta-feira (28) e não há previsão de alta médica.

Investigação

A reportagem procurou a Polícia Civil para saber se foi instaurado inquérito para investigar as circunstâncias do acidente, mas a informação na 35ª Delegacia Regional de Polícia de Joaquim Távora foi que a pessoa responsável pelo assunto estaria em viagem para Curitiba e só retornaria na segunda-feira (1º).

A reportagem também tentou ouvir a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) para saber se o motorista Edson Jacinto realizou o teste do bafômetro após o acidente, mas não foi possível o contato.

Facebook Comments
Compartilhe: