Esporte

Micale não vê cargo ameaçado e destaca confiança da diretoria: “Tem me passado muita tranquilidade”

Tricolor chegou à quarta derrota em cinco jogos e tem apenas um ponto no Brasileirão

Rogério Micale mantém tranquilidade com situação no cargo (RICARDO MOREIRA/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)

O Paraná sofreu mais uma derrota, desta vez para o Santos, na noite deste domingo (13), na Vila Belmiro, e segue sem vencer, com apenas um ponto somado no Brasileirão. Na última colocação e com quatro derrotas em cinco rodadas, o técnico Rogério Micale disse não temer a demissão e destacou a confiança passada pela diretoria para a sequência do trabalho.



“Eles têm me passado muita tranquilidade. Também entendo, as cobranças são muito fortes no futebol brasileiro. Mas o presidente [Leonardo Oliveira] e o [Rodrigo] Pastana estão sempre junto. Eles entendem a forma como estamos conduzindo o trabalho, então aqui segue tudo tranquilo. Vou continuar me esforçando o máximo para sairmos dessa situação que nos encontramos”, afirmou o treinador em entrevista coletiva.

Com três gols sofridos em erros defensivos, Micale defendeu que a pressão interna deve ocorrer sem exageros, para não prejudicar o trabalho da equipe. “Nós temos que manter a tranquilidade. Estamos cobrando internamente, mostramos os erros que têm acontecido e passamos tranquilidade para tentar corrigir. É de forma controlada, pois não pode ter exageros. Temos jogado bem, mas não estamos conseguindo fazer, enquanto o adversário precisa de poucas oportunidades para fazer os gols”, disse.

Com apenas três gols marcados e convivendo com muitos erros de finalizações, o treinador destacou a entrega dos jogadores nos treinamentos e acredita que sair na frente no placar possa dar outro cenário para os jogos do time. “É a nossa realidade. Eu acho que os nossos jogadores têm se empenhado muito. Estamos trabalhando as finalizações semanalmente. O momento está difícil e acontecem coisas que estão nos atrapalhando também. É manter a tranquilidade, continuar trabalhando com o grupo. Se continuarmos e tentarmos sair na frente em um jogo, acho que a gente pode mudar essa situação”, finalizou.

Confira a entrevista coletiva do técnico Rogério Micale

*Banda B-Guilherme Coimbra com informações de Felipe Dalke 

Facebook Comments
Compartilhe: