Giro Rural

Mercado de leite mantém tendência de alta

Com boas perspectivas, valores continuam se recuperando após queda em 2018

Os preços do leite estão em recuperação desde dezembro de 2018 – Foto: Antônio de Picolli/Arquivo

O cenário para o mercado de leite, a partir da segunda quinzena de janeiro, é positivo. Os preços estão em recuperação desde dezembro de 2018, e continuam a dar indícios de alta moderada para o mês de março, retornando à estabilidade. Em termos nominais, os preços de janeiro e fevereiro atingem patamares superiores em relação ao mesmo período dos anos anteriores. Os dados foram apresentados durante a reunião do Conseleite, realizada no dia 19 de fevereiro, na sede do Sistema FAEP/SENAR-PR, em Curitiba.



O volume de leite captado cresceu significativamente, atingindo 129 pontos em fevereiro – 12 pontos abaixo da captação do volume de janeiro e 29 pontos em relação a dezembro do ano passado. Os produtos lácteos que obtiveram maior alta no volume vendido foram o leite em pó, leite spot, UHT e queijo prato. O restante dos derivados permaneceu estável.

Os preços se recuperam após forte queda que ocorreu até novembro de 2018, sendo puxados, principalmente, pelo leite spot e UHT. As exceções são o queijo parmesão, que em fevereiro sofreu queda nos preços; requeijão, que volta à média dos anos anteriores; e a bebida láctea, mas com pequeno percentual. O leite em pó, que fechou 2018 em queda e continuou recuando em janeiro, começa a ver sinais de recuperação.

O leite spot foi o produto que apresentou maior variabilidade nos preços, com aumento expressivo desde dezembro até o fim de janeiro. A projeção de alta continua para o primeiro decênio de fevereiro, porém moderada.

O Conseleite aprovou o valor de referência do leite entregue em janeiro a ser pago em fevereiro em R$ 1,0866. Com nova projeção de alta, o valor estabelecido para o produto entregue em fevereiro e pago em março fechou em R$ 1,1127. Esses valores estão sujeitos a alterações, conforme os parâmetros de qualidade da matéria-prima. O simulador para cálculo está disponível no site.

Facebook Comments
Compartilhe: