Esporte

Inglaterra vence a Suécia, avança para a semifinal e mantém vivo o sonho de voltar à decisão

Com gols de Maguire e Dele Alli, os britânicos carimbaram o passaporte para as semi da Copa do Mundo

Inglaterra volta à semifinal após 28 anos (FIFA/Getty Images)

A Inglaterra confirmou o favoritismo, venceu a Suécia por 2 a 0, na tarde deste sábado (manhã no Brasil), em Samara, e seguirá vivendo um conto de fadas na Copa do Mundo da Rússia, mantendo vivo o sonho de voltar à decisão após 52 anos. Com a classificação diante dos suecos, os britânicos voltam a disputar uma semifinal de Mundial, o que não acontecia desde 1990.



A vitória veio no melhor estilo inglês nesta edição da competição. Mostrando sua força pelo alto, foi assim que o time do técnico Gareth Southgate escreveu mais uma página da sua história na Copa. No primeiro tempo, foi da cabeça de Maguire que a equipe abriu o placar após uma pressão inicial dos escandinavos. Na etapa final, o roteiro não foi diferente. Em novo bombardeio aéreo, Dele Alli apareceu para marcar o segundo e decretar a vaga inglesa na semifinal.

Agora, o English Team aguarda o vencedor do confronto entre Rússia e Croácia para conhecer o próximo adversário da caminhada pelo bicampeonato. A Inglaterra volta a campo na próxima quarta-feira (11), às 15h (horário de Brasília), em Moscou, no Estádio Luzhniki, que será também o palco da decisão da Copa do Mundo.

O jogo

A Suécia adotou uma postura retrancada, na tentativa de neutralizar as investidas inglesas e apostar nos contra-ataques, caminho pelo qual atingiu seu sucesso até então na Copa do Mundo. A pressão da marcação fez com que os suecos iniciassem melhor o duelo e até assustassem em uma finalização de Claesson, mas não conseguiu manter o ritmo e, aos poucos, começou a dar espaços para os britânicos.

A qualidade coletiva pesou e a Inglaterra aos poucos equilibrou o jogo. Foi aí que o poder aéreo inglês entrou em cena para derrubar a estratégia sueca. Aos 29 minutos, em cobrança de escanteio na área, Maguire subiu mais que a defesa e marcou o primeiro gol do jogo.

Com a vantagem e o controle do jogo, o English Team teve nos pés de Lingard e Sterling as chances de ampliar o placar ainda na etapa inicial, mas não obteve o mesmo sucesso.

A exemplo do primeiro tempo, a Suécia tentou exercer um domínio na parte inicial da etapa complementar. Logo no primeiro minuto, Augustinsson cruzou, Berg desviou e o goleiro Pickford fez ótima defesa para evitar o empate.

Só que a Inglaterra era mesmo superior em todos os quesitos. Com o controle do jogo, o time de Gareth Southgate voltou a crescer e pressionou a defesa sueca. Aos oito, em nova jogada pelo alto, Sterling tentou de voleio e a defesa afastou.

O bombardeio aéreo mostrou que o segundo gol era só questão de tempo. E foi. Aos 12 minutos, Lingard cruzou na área e Dele Alli apareceu na segunda trave para cabecear no fundo das redes e marcar o segundo.

Com dois gols atrás no placar, a Suécia partiu para o tudo ou nada na partida. Aí que os ingleses mostraram que a força não era só ofensiva e brilhou a estrela do goleiro Pickford.

Aos 16 minutos, após bela troca de passes, Claesson bateu e o arqueiro salvou. Aos 25, foi a vez de Berg desviar um cruzamento na área e esbarrar em mais uma ótima defesa do inglês.

Com tranquilidade e sem grandes sustos, coube aos ingleses soltarem a voz na arquibancada e apenas esperarem o apito final para comemorar o retorno à semifinal de Copa do Mundo após 28 anos e manter vivo o sonho de disputar uma decisão após 52 anos.

FICHA TÉCNICA
SUÉCIA 0X2 INGLATERRA

Local: Arena Samara.
Data: Sábado, 07 de julho de 2018.
Horário: 11h (de Brasília).
Árbitro: Bjorn Kuipers (Holanda).
Assistentes: Sander Van Roekel e Erwin Zeinstra (Holanda).
Árbitro de vídeo: Danny Makkelie (Holanda).

Suécia: Olsen; Krafth (Jansson), Lindelöf, Granqvist e Augustinsson; Larsson, Ekdal, Claesson e Forsberg (Olsson); Berg e Toivonen (John Guidetti).
Técnico: Janne Andersson.

Inglaterra: Pickford; Walker, Stones, Maguire e Trippier; Henderson (Dier), Dele Alli (Delph), Lingard e Young; Sterling (Rashford) e Harry Kane.
Técnico: Gareth Southgate.

Gols: Maguire aos 29′ do primeiro tempo e Dele Alli (ING) aos 12′ do segundo tempo.

Cartão amarelo: Maguire (ING); John Guidetti e Larsson (SUÉ).

*Banda B-Guilherme Coimbra

Facebook Comments
Compartilhe: