Acidente

Feriadão da Independência violento nas rodovias da região

Três pessoas morreram e 10 ficaram feridas entre quinta-feira (6) e domingo (9) em consequência de acidentes de trânsito

Três pessoas morreram em uma colisão frontal entre duas carretas na noite de sexta-feira (7) na PR-092 (Divulgação/Samu)

O feriadão da Independência foi violento nas rodovias que cortam o Norte Pioneiro. Entre quinta-feira (6) e domingo (9), período em que a Polícia Rodoviária intensificou as fiscalizações nas estradas federais e estaduais em todo o País, três pessoas morreram em consequência de graves acidentes registrados na região.



Na noite de sexta-feira (7), na PR-092, no trecho conhecido como curva do Fiates, próximo a Siqueira Campos, três pessoas morreram por volta das 21 horas em uma colisão frontal entre duas carretas, uma de Paranaguá (PR) e outra de Carambeí (PR).

De acordo com a Polícia Rodoviária, o motorista do veículo com placas de Carambeí (PR), Alir Francisco Popotaski, 49, seguia sentido Quatiguá/Siqueira Campos e, ao fazer a curva aberta, bateu de frente com um caminhão de Ponta Grossa conduzido por Sidnei Presoto, 42, que fazia o sentido contrário. Com ele estava a esposa Idaiana Ribeiro da Mota, de 29 anos. Os três morreram na hora.

Também na noite de sexta-feira, uma colisão frontal envolvendo um VW Gol e um Fiat Uno deixou quatro pessoas feridas na PR-218, no trecho entre Carlópolis e Joaquim Távora. Entre as vítimas havia uma criança de 8 anos.

Batida frontal entre Gol e Uno deixou quatro pessoas feridas na noite d sexta-feira (7) na PR-218 (Divulgação/Samu)

Na tarde do mesmo dia (sexta-feira), a motorista de um Golf com placas de Siqueira Campos perdeu controle da direção e capotou o veículo na PR-424, entre Siqueira Campos e Salto do Itararé. Ela teve ferimentos e foi encaminhada para a Santa Casa de Siqueira Campos.

Na tarde de sábado (8), o motorista e um passageiro de uma caminhonete GM-S10 saíram ilesos após o veículo capotar no km 36 da BR-153, próximo a Santo Antônio da Platina. Já na noite de sábado, um caminhão com placas de Marília (SP) tombou na PR-092, também na curva do Fiates, próximo a Siqueira Campos. O veiculo pegou fogo, mas o motorista teve apenas ferimentos leves.

Poucas horas depois, outro acidente. Desta vez um motorista identificado como Raphael Sivers foi encaminhado para a UTI de Cornélio Procópio. Ele capotou o carro que dirigia na PR-090.

Na manhã de domingo, quatro pessoas ficaram feridas no capotamento de Hyundai/I30, em Quatiguá. As vítimas, no entanto, não correm risco de morte.

Balanço PRF

De acordo com o balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF), oito pessoas morreram e 132 ficaram feridas durante o feriado prolongado da Independência nas rodovias que cortam o Paraná. Foram 111 acidentes durante os quatro dias de operação.

Entre quinta-feira (6) e domingo (9), os radares portáteis operados pelos agentes da PRF capturaram 9.084 imagens de veículos acima dos limites máximos de velocidade. Os policiais rodoviários federais flagraram ainda 73 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas e 538 manobras irregulares de ultrapassagem no estado. Em 42 abordagens, a PRF constatou que crianças eram transportadas sem os equipamentos de retenção adequados à idade.

Na mesma operação do ano passado, que teve um dia a mais de duração, a PRF registrou sete mortes, 145 feridos e 131 acidentes no Paraná.

Acidentes fatais

Excesso de velocidade, ingestão de álcool, ultrapassagem indevida, desatenção e desobediência à sinalização foram as causas dos seis acidentes fatais registrados pela PRF durante o feriado prolongado deste ano no Paraná. Todas as oito mortes ocorreram com pista seca. Sete delas, em trechos de reta. Seis, à noite.

As mortes ocorreram em duas colisões frontais, dois atropelamentos, uma colisão transversal e uma colisão traseira.

Facebook Comments
Compartilhe: