Agronegócio

Família gaúcha aproveita plantação de oliveiras e monta parque turístico

De acordo com a Secretaria de Agricultura do estado, em 12 anos, a área plantada com oliveiras passou de 80 hectares para 4 mil hectares

Foto: Canal Rural

As oliveiras começaram a fazer parte do cenário da Serra Gaúcha, onde o plantio de uva é tradicional. De acordo com o produtor João Batista, pensando no complexo turístico montado pela família, em Gramado (RS), a ideia era diversificar. “Como nós teremos restaurante e bar, pensamos em harmonizar o nosso azeite com os pratos servidos”, diz.



Batista explica que plantar oliveiras no solo da região deu trabalho e a busca por informação técnica foi fundamental. “Nós tínhamos pinus, com uma acidez bastante elevada. Através de estudos de solos, fomos corrigindo com nutrientes para atingir os índices necessários”, afirma. Foram investidos R$ 10 mil.

A primeira colheita acontece a partir de março, segundo Batista, e as seis variedades plantadas ao longo do parque servem para consumo e também para confecção de azeite e produtos cosméticos.

“Dentro da propriedade, o pessoal vai fazer um passeio dentro de micro-ônibus e terão todas essas informações. Eles vão visitar o olival e, na época de colheita, poderão colher as azeitonas e fazer o próprio azeite”, diz.

Facebook Comments
Compartilhe: