Esporte

Expectativa por seleção olímpica e interesse de outros clubes: boa fase coloca Ivan em evidência

Goleiro da Ponte Preta é monitorado pela CBF e também está cobiçado no mercado

Ivan está em alta na Ponte — Foto: Álvaro Jr/ PontePress

O nome de Ivan ficou em evidência na última semana. O próprio Jorginho admitiu que “tem muita gente olhando” o goleiro da Ponte Preta. A CBF está nesse bolo.



O camisa 1 da Macaca émonitorado pela comissão técnica para defender a seleção olímpica e vive a expectativa de ser convocado para o torneio de Toulon, na França, em junho.

– Fiquei sabendo de algumas notícias. Você fica feliz, é sinal de reconhecimento e sinal que o trabalho está sendo bem feito. Espero manter o foco na Ponte. O que vier será consequência do trabalho. Espero fazer bom trabalho para, se Deus quiser, realizar o sonho de defender a seleção – afirmou Ivan.

Quando falou que “tem muita gente olhando” Ivan, Jorginho também se referiu ao assédio de outros clubes. Em alta na Macaca desde 2017, o goleiro está cobiçado no mercado. O Corinthians, por exemplo, acompanha os passos do jovem de 22 anos.

Ivan tem contrato até abril de 2023, com multa rescisória que sofreu um ajuste recentemente, mas pela necessidade de reforçar os cofres, a diretoria alvinegra está disposta a ouvir propostas, desde que o valor agrade e realmente ajude a equilibrar as finanças. O jogador evita falar sobre possibilidades.

– Eu tenho contrato até 2023, o pessoal sempre pergunta, fala, eu particularmente não sei de nada. Meu foco está em jogar, quero permanecer até o fim do contrato, dar sequência, continuar vestindo a camisa da Ponte.


Com 75 jogos como titular da Macaca entre os profissionais, Ivan acumula marcas relevantes. Em 7.200 minutos em campo, tem a média de 0.71 gol sofrido por partida, passou 34 jogos invicto (sem ser vazado) e tem a menor média de gols sofridos entre os goleiros da Ponte desde 2000.
Outro ponto que favorece uma eventual saída de Ivan é que Ygor Vinhas tem se mostrado um substituto à altura, tanto que existe a dúvida em relação a quem vai jogar a final do Troféu do Interior, segunda-feira, contra o RB Brasil, às 20h, no Majestoso.


A tendência é que Ivan seja escalado. Depois de passar alguns dias em recuperação de uma virose, ele garante estar 100% para atuar.
– Eu dei os parabéns para o Ygor. Foi muito bem nas oportunidades que teve. Isso é bom, o Jorginho ganha opções, a Ponte ganha. Passei um período com febre alta, três, quatro dias de molho, até achei que estava com suspeita de dengue, tomando soro. Mas eu me recuperei e estou me sentindo 100%.

Facebook Comments
Compartilhe: