Acidente

Em Curitiba, familiares se despedem de piloto e copiloto mortos em acidente de Bernardo Carli

Velório é realizado no Cemitério Paroquial do Umbará

Luis Fernando e Laércio

Familiares e amigos do piloto e do copiloto mortos no mesmo acidente aéreo do deputado Bernardo Ribas Carli (PSDB) se despediram das vítimas na tarde desta segunda-feira (23), no Cemitério Paroquial do Umbará, em Curitiba. Laércio Tavares da Silva, de 44 anos, e Luis Fernando Correa de Souza, de 29, deixariam Carli em União da Vitória e retornariam para a capital logo na sequência quando o acidente aconteceu.



Claudenir Rodrigues é tio da esposa de Laércio e contou que o piloto era aguardado para o almoço quando a trágica notícia chegou. “A gente já tinha marcado esse encontro na casa do meu irmão, no bairro Sítio Cercado, quando ele avisou que estava saindo para levar o deputado até União da Vitória. É uma infelicidade, já que ele era um piloto bastante experiente e estava adorando trabalhar para essa empresa aérea”, lamentou.

Ambas as vítimas eram evangélicas e tocavam música na Congregação Cristã do Brasil. Laércio, inclusive, era o maior incentivador para que Luis também se tornasse piloto de avião.

Cunhado de Laércio, Ronaldo Cavalheiro contou que foi até o local do acidente e disse não saber o que aconteceu. “Pela situação, provavelmente foi algum tipo de pane. Tem um local aberto nas proximidades, então acreditamos que ele ainda tentou um pouso forçado”, comentou.

Pouco antes do trágico acidente, Luis Fernando enviou para a namorada uma foto com Laércio. Os dois e o deputado Bernardo Ribas Carli (PSDB) morreram na queda da aeronave na manhã de domingo (22), em Paula Freitas, no Centro-Sul do Paraná.

O sepultamento de Luis Fernando deve acontecer ainda nesta segunda-feira, no Parque Senhor do Bonfim, em São José dos Pinhais. Laércio será enterrado amanhã, no Cemitério Parque São Pedro.

*Banda B-Felipe Ribeiro e Antônio Nascimento

 

Facebook Comments
Compartilhe: