Cidades

Com novas armas, 2º BPM joga pesado contra criminalidade

18 novas submetralhadoras calibre 9 milímetros serão destinadas ao uso exclusivo das equipes de Rádio Patrulha e Agências de Inteligência

(Foto: Antônio de Picolli)

O 2º Batalhão de Polícia Militar de Jacarezinho reforçou o armamento empregado à tropa no combate à criminalidade no Norte Pioneiro. Na manhã de ontem (11), a unidade recebeu 18 novas submetralhadoras calibre 9 milímetros que serão destinadas ao uso exclusivo das equipes de Rádio Patrulha e Agências de Inteligência (ALI). O novo armamento foi adquirido por meio de doações realizadas pela sociedade civil organizada, empresários e outros órgãos da área do 2º BPM, das quais oito submetralhadoras fornecidas pelo Governo do Estado.



10 das 18 submetralhadoras apresentadas pelo 2º BPM foram adquiridas pela comunidade do Norte Pioneiro (Antônio de Picolli)

A solenidade de entrega foi presidida pelo Subcomandante-Geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Antônio Carlos de Morais, que juntamente com o Comandante do 2º BPM, tenente-coronel José Luiz de Oliveira, recepcionou autoridades e convidados.  “O 2º Batalhão de Polícia Militar se destaca em números de armas no Estado, ficando atrás somente de Londrina. Isso significa mais aparelhamento aos nossos policiais e segurança à comunidade do Norte Pioneiro, que sempre esteve ao lado da Polícia Militar no combate à criminalidade”, disse Morais.

Público presente na solenidade participou de instrução sobre o novo armamento da PM (Antônio de Picolli)

Durante a solenidade, representantes da comunidade e policiais militares que se mobilizaram para a compra do armamento foram homenageados e acompanharam uma exibição da tropa na utilização das submetralhadoras no stand de tiros da corporação.

Números

No ano de 2018, o 2º Batalhão de Polícia Militar atendeu 40.322 ocorrências, que resultaram na apreensão de 631 kg de drogas, 94 armas, 207 veículos recuperados e 2.740 pessoas detidas. No mesmo período, 141 crianças foram atendidas em projetos sociais desenvolvidos pelo 2º BPM.

Facebook Comments
Compartilhe: