Cidades

Cida Borghetti destaca investimentos no Norte Pioneiro

Governadora liberou recursos para estradas, obras urbanas, saúde e moradia popular

Cida Borghetti: “O foco do nosso trabalho: cuidar das pessoas” (Divulgação)

O Governo do Estado reforçou a presença no Norte Pioneiro na gestão de Cida Borghetti. Nos últimos meses foram liberados recursos para recuperação e conservação de estradas, para obras nos municípios, habitação e saúde. Em seis meses nosso governo liberou R$ 5 bilhões para obras e ações de melhoria da qualidade de vida das pessoas. “Esse é o foco do nosso trabalho: cuidar das pessoas”, afirma Cida.



“Temos muitas ações já em andamento no Norte Pioneiro e muitas confirmadas. E vamos fazer muito mais ainda, avançar sempre, principalmente em áreas essenciais para a população”, diz Cida. Ela ressalta que uma de suas propostas de trabalho para a próxima gestão é levar saúde de qualidade para perto de onde as pessoas vivem. Neste sentido, destaca a construção do Centro de Especialidades do Paraná, que já está em licitação.

O Centro será instalado em Jacarezinho, principal polo da região. “Haverá um salto de qualidade no atendimento à saúde dos moradores do Norte Pioneiro”, afirma a governadora.  “As pessoas poderão, em um só local, fazer exames de várias especialidades. Também serão feitas cirurgias ambulatoriais. É importante ressaltar que o atendimento no Centro de Especialidades é feito com equipe multidisciplinar”, explica Cida. O Estado vai investir R$9,1 milhões na obra para atender a população de 26 municípios da região.

Para reforçar esta ação a governadora afirma que está no seu plano de governo implantar duas novas modalidades de atendimento médico. Uma é o programa Carreta da Saúde, caminhões que vão percorrer o Paraná equipados com consultórios e que poderão até realizar pequenas cirurgias. “Quem vai viajar é o tratamento, a prevenção, e não o paciente”, diz Cida. Na mesma linha está o Corujão. Com ele, a candidata quer fazer convênios com hospitais e clínicas privadas para usar espaços e equipamentos para atender a população fora dos horários de pico.

Outro foco de atenção da governadora é a infraestrutura. Em junho, ela autorizou um conjunto de obras de melhoria na PR-092, entre Jaguariaíva e Santo Antônio da Platina. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR) trabalha na elaboração dos projetos de implantação de terceiras faixas, recuperação de pontos críticos e outras melhorias. Levantamento preliminar aponta para valores entre R$ 40 milhões e R$ 50 milhões em investimentos. “É um investimento muito esperado, porque vai ampliar a segurança e o conforto aos usuários e dar mais agilidade ao tráfego. Isso significa respeito ao cidadão”, afirma a governadora.

Respeito, segundo a governadora, também passa pela revisão do programa de concessões. Nos últimos dias ela adotou diversas medidas em relação às denúncias contra as concessionárias e servidores públicos. Colocou o Estado a serviço da Lava Jato e está pedindo na justiça a redução imediata do valor da tarifa do pedágio, além do bloqueio de bens das empresas. Ainda em junho, Cida comunicou as pedageiras de que os atuais contratos não serão renovados. “Junto com a população paranaense vamos construir um novo modelo, mais barato e com mais obras”.

Outra ação importante do Governo do Estado na região, ressalta Cida Borghetti, é do Programa Estadual de Recuperação e Conservação de Estradas. As rodovias do Norte Pioneiro estão inseridas em dois lotes do programa, abrangendo 695,7 quilômetros de estradas. O investimento chega a R$ 109,1 milhões.

CONVÊNIOS – Há também os convênios feitos com as prefeituras, por meio da Secretaria da Infraestrutura e Logística. Por estes convênios o Estado repassa recursos para obras que seriam de responsabilidade exclusiva dos municípios. Ribeirão Claro, por exemplo, faz a recuperação asfáltica da rodovia municipal Aldo Articesso Siquerolli. O investimento é de R$ 2,7 milhões e o objetivo é fortalecer o turismo, já que a rodovia é o principal acesso para o Morro do Gavião, Rampa Pedra do Índio, Recanto da Cascata e Tayayá Resort, alguns dos empreendimentos mais visitados de Ribeirão Claro. Os trabalhos começaram em maio e estão em fase de conclusão.

Por meio de convênios, Santa Mariana pavimenta o acesso à Associação de Produtores Agrícolas Marianense – APAM. Investimento de R$ 1,257 milhão. Carlópolis já recapeou 1,5 quilômetro de ruas e avenida (R$ 693 mil). Com Jacarezinho foi renovado o convênio para que a prefeitura use a usina que produz matéria-prima para recapeamento asfáltico, que pertence ao escritório regional Norte Pioneiro do DER-PR. Foi assinado convênio, também, com Santo Antônio da Platina para pavimentação asfáltica de 15 ruas do bairro Aparecidinho 3.

VIDA MELHOR – Desde que o início da gestão de Cida Borghetti foram confirmados R$ 40,1 milhões para investimentos nos municípios do Norte Pioneiro. Os recursos são para investimentos em pavimentação, recape, urbanização, construção ou reforma de barracões industriais, reforma de ginásio de esportes, construção de escolas municipais, compra de veículos, de equipamentos rodoviários e equipamentos agrícolas. “Damos atenção total às cidades porque é onde as pessoas vivem. Nosso governo avança na busca de um Paraná muito melhor”, afirma governadora.

MORADIA – Cida Borghetti enfatiza, também, o atendimento da população na área da habitação. Houve grandes avanços em regularização fundiária, o que garante segurança às famílias que possuem casas próprias, mas não têm os documentos legais de propriedade. Desde abril, 5.714 famílias foram atendidas nos municípios do Norte Pioneiro. Só de Jacarezinho são 544 famílias. O investimento chega a aproximadamente R$ 3,8 milhões. Há projetos em andamento para o atendimento de outras 1.435 famílias da região, com mais R$ 1,4 milhão em recursos públicos.

“Isso é reflexo da nossa prioridade estratégica às ações que impactam diretamente nas famílias, garantindo-lhes mais segurança, mais conforto e mais alegria”, diz Cida Borghetti. A regularização é feita pelo programa Morar Legal Paraná, da Cohapar, com recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza. O serviço é executado por empresas especializadas do setor, contratadas por licitação.

Além de regularização fundiária, também houve expansão de moradias populares. De abril para cá, foram entregues 217 casas. Outras 367 foram contratadas neste período e estão em construção. Receberam suas novas moradias famílias de Congonhinhas, Bandeirantes, Ibaiti, Jaboti, Nova Fátima, Pinhalão e Siqueira Campos. Estão sendo construídas novas habitações em Cornélio Procópio, Leópolis, Santa Mariana, Santo Antônio da Platina e Sertaneja.

Facebook Comments
Compartilhe: