Sábado, 19/08/2017

Policial 20/04/2017 - Luiz Guilherme Bannwart


PM vai intensificar fiscalização dos veículos que transportam estudantes


Capitão Robson Falk: “O excesso de alunos nos veículos é a principal reclamação que recebemos” - Antônio de Picolli / Tribuna do Vale
A partir do dia 2 de maio, a Polícia Militar vai intensificar a fiscalização para avaliar as condições de uso dos veículos de transporte escolar, em Santo Antônio da Platina. A operação será realizada pelo Setor de Trânsito do 2º Batalhão de Jacarezinho, e terá como objetivo principal avaliar a segurança dos alunos, além de verificar acessórios obrigatórios de sinalização e equipamentos de segurança nos veículos, documentações e orientação aos condutores.

De acordo com o comandante da 4ª Companhia de Polícia Militar, capitão Robson Falk Vieira, a PM tem recebido várias denúncias alertando para o risco que os alunos estariam correndo diariamente em consequência de irresponsabilidades por parte de algumas empresas que oferecem o serviço na cidade. “O excesso de alunos nos veículos é a principal reclamação que recebemos. Conforme as denúncias, muitas crianças são transportadas em pé e a maioria delas não utiliza o cinto de segurança”, revela.

Além do número de passageiros transportados, também serão fiscalizadas a aplicação das faixas adesivas de sinalização, equipamentos de segurança, tacógrafo e documentos do condutor e do veículo conforme determina a legislação de trânsito. “Os veículos em situação irregular serão retidos, e os condutores autuados pelas respectivas infrações. Estar devidamente em dia com as documentações exigidas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é obrigação aos proprietários de veículos que pretendem atuar nesse ramo de atividade”, alerta o capitão.

O comandante da 4ª Companhia de Polícia Militar também alerta sobre as autuações de veículos que ocupam os espaços destinados ao transporte escolar nas imediações dos estabelecimentos de ensino durante o horário de pico. “Há placas de sinalização em vários pontos ao entorno das escolas para informar os motoristas. Quem utilizar o estacionamento exclusivo, mesmo que por alguns segundos apenas para deixar os filhos na frente do estabelecimento, se flagrado certamente será multado”, orienta.

Conforme o chefe da 44ª Ciretran de Santo Antônio da Platina, Israel Júnior, a cidade conta com 60 veículos de transporte escolar castrados junto ao Detran, dos quais 25 prestam serviço para a Prefeitura.

Segundo Israel Junior, a vistoria nos veículos ocorre duas vezes ao ano e é de competência da Ciretran. Contudo, no processo de credenciamento realizado pela Prefeitura é cobrado a documentação regularizada pela Departamento de Trânsito. Assim como nos casos envolvendo empresas particulares, a inspeção veicular é de competência da Circunscrição Regional de Trânsito.

A Polícia Militar informou que a fiscalização vai ocorrer em dias, locais e horários aleatórios.


2017 - TANOSITE - Todos os direitos reservados
plataforma desenvolvida por Rodrigo Campos (43) 9 8814-5432