Quarta, 26/04/2017

Política 20/04/2017 - Jivago França - Tribuna do Vale


Justiça Eleitoral inicia cadastramento biométrico em Jacarezinho


O Fórum Eleitoral de Jacarezinho deu inicio na última segunda-feira (17) ao cadastramento biométrico de todos os eleitores do município. A revisão do eleitorado segue até dia 16 de junho. Segundo edital divulgado pela Justiça Eleitoral, se o eleitor não comparecer para o cadastramento biométrico, ele terá o cancelamento das inscrições eleitorais.

Segundo oficio enviado pelo fórum à imprensa, a revisão é baseada em resoluções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Paraná. De acordo com o edital assinado pelo juiz eleitoral Renato Garcia, eleitores identificados biometricamente nos serviços ordinários de alistamento eleitoral estão dispensados de comparecer ao fórum.

O cadastramento será feito a partir do preenchimento de Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE), dados biométricos com fotos e impressões digitais dos eleitores. O Fórum Eleitoral de Jacarezinho fica na rua Wanda Quintanilha, 252 na Nova Jacarezinho. O atendimento é de segunda a sexta-feira das 9 às 18 horas.

Após finalizado o prazo para o cadastramento biométrico, os eleitores que não comparecerem terão o cancelamento das inscrições eleitorais. Ainda segundo o documento, os partidos políticos que tiverem interesse poderão acompanhar e fiscalizar os trabalhos de revisão.

Documentos necessários para cadastramento biométrico

1- Documento original que comprove identidade com foto;

Carteira de identidade (RG);

Carteira de trabalho e previdência social;

Carteira profissional;

Passaporte modelo antigo (verde);

Passaporte modelo novo (azul) que deve ser complementado por outro documento, pois não possui registro de filiação;

Carteira de motorista (para 1º titulo deve estar acompanhada de outro documento, pois não contém a nacionalidade);

2- Na falta de documento público com foto poderá ser apresentada certidão de nascimento ou certidão de casamento;

3- Título eleitoral original, se houver;

4- Cadastro de Pessoa Física (CPF), quando disponível;

5- Comprovante de domicilio eleitoral, por meio de documentação atualizada (original) que comprove sua residência ou que demonstre seu vinculo profissional ou econômico, patrimonial (pela propriedade) ou seu vinculo comunitário no município, como contas de luz, água ou telefone, notas fiscais, envelopes de correspondência, contracheque, cheque bancário em que conste o endereço do correntista, documento do Incra.

OBS: Se houver duvida quanto à idoneidade do comprovante de domicilio apresentado, ou impossibilidade da sua apresentação, se o eleitor declarar, sob penas da lei, que tem domicilia no município, o juiz decidirá de plano ou determinará as providencias necessárias à obtenção da prova, inclusive mediante verificação por diligencias no local.





2017 - TANOSITE - Todos os direitos reservados
site desenvolvido por Rodrigo Campos (43) 9 8814-5432