Terça, 24/10/2017

Brasil 12/10/2017 - Bem Paraná


Horário de verão deste ano pode ser o último

No domingo, os relógios devem ser adiantados em uma hora. Medida vai ser reavaliada em 2018


Os dias ficam mais longos a partir do próximo domingo (foto: Franklin de Freitas)
À zero hora deste domingo (15), os relógios devem ser adiantados em uma hora com início do Horário Brasileiro de Verão 2017/2018. A norma vale para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste até o dia 18 de fevereiro de 2018, quando os ponteiros dos relógios deverão ser atrasados em uma hora.

Adotado continuamente desde 1985, o Horário de Verão possui o objetivo de conscientizar a população em relação ao aproveitamento da luz natural, além de estimular o uso, de forma racional, de energia elétrica entre os meses de outubro e fevereiro.

No entanto, a avaliação dos atuais impactos na redução do consumo e da demanda de energia elétrica, contida nos estudos realizados neste ano de 2017 pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) em conjunto com o Ministério de Minas e Energia (MME), mostram que a adoção do Horário de Verão traz atualmente resultados próximos da neutralidade para o sistema elétrico. Os estudos foram avaliados no âmbito do Governo Federal, tomando-se a decisão de manter a aplicação do Horário para o Ciclo 2017/2018 e reavaliação da política para os próximos anos.

Neste ano, o governo chegou a cogitar suspender o horário de verão e também realizar uma consulta popular para saber o que pensava a população. Mas, como o início previsto do horário de verão já estava próximo, o governo resolveu manter a medida neste ano e deixou para o ano que vem uma análise mais profunda sobre a validade de manter o horário diferente em parte do ano.

O Horário de Verão é adotado no Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Espírito Santo.


2017 - TANOSITE - Todos os direitos reservados
plataforma desenvolvida por Rodrigo Campos (43) 9 8814-5432