Sexta, 24/11/2017

Esporte 16/07/2017 - Banda B


Fabiano Soares exalta intensidade da equipe em empate com o Corinthians, mas pede atenção à defesa


Fabiano Soares elogiou a intensidade da equipe em empate contra o líder - (Felipe Dalke/Banda B)
O Atlético segurou a pressão e arrancou um empate diante do líder Corinthians, na noite deste sábado (15), na Arena Itaquera, em jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. A postura da equipe na partida agradou o novo técnico Fabiano Soares que, mesmo sem poder comandar o time do banco de reservas, avaliou a efetividade as mudanças e elogiou a postura do time, que pressionou o adversário em seu campo de defesa e conseguiu furar o forte sistema defensivo corintiano.

“A primeira coisa que eu coloquei para eles é que estão jogando em uma equipe grande, que nos dá todas as condições e temos que jogar igual dentro e fora de casa. Hoje eu fiz algumas mudanças para tornar o time mais agressivo. Pressionamos muito o Corinthians no campo contrário, roubamos muitas bolas e tivemos possibilidades de fazer o gol. Não ganhamos, mas acho que teve um pênalti que o árbitro não deu e que poderia ter nos dado a vitória”, comentou o treinador em entrevista coletiva.

Fabiano Soares exaltou a intensidade da equipe no duelo, mas ressaltou a necessidade de melhorias no setor defensivo para sofrer menos gols no campeonato. “O que eu coloquei hoje foi uma equipe mais intensa. Temos aqui uma equipe grande, com grandes jogadores e não podemos se meter atrás. Temos que pressionar em campo contrário. Enfrentamos o líder hoje e jogamos no campo deles. Fizemos dois gols, mas a intensidade defensiva de alguns tem que melhorar, para parar de levar gols e conseguir as vitórias com mais fluidez, que estamos precisando o quanto antes”, disse

O treinador enfatizou as alterações feitas no time, principalmente no setor ofensivo e elogiou o lateral-direito Cascardo, que atuou improvisado no meio-campo, e do atacante Pablo, que foi utilizado como referência no ataque. “São jogadores do Atlético, são grandes jogadores e estão preparados para jogar. Eu queria uma equipe pressionante no campo do adversário hoje. Coloquei os jogadores e eles corresponderam. Estou chateado, pois poderíamos ter levado a vitória. Depois, levar dois gols sem o Corinthians criar muito, principalmente no primeiro gol, que foi uma jogada tonta, me deixa chateado. Mas temos que dar os parabéns, pois jogou valente, a cara de time grande e fizemos dois gols numa equipe que fazia tempo que não levava gol e isso é meritoso”, concluiu.

O Furacão volta a campo na próxima quinta-feira (20), às 21h, para encarar o Botafogo, na Arena da Baixada, em partida válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.


2017 - TANOSITE - Todos os direitos reservados
plataforma desenvolvida por Rodrigo Campos (43) 9 8814-5432