Segunda, 23/04/2018

Educação 24/03/2018 - Da Assessoria


Curso de Direito da UENP assina dupla graduação com universidade da Espanha


O curso de graduação em Direito da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) assinou um convênio de dupla titulação com a Universidad de Murcia (UM), da Espanha. Na prática, o convênio possibilitará aos acadêmicos da UENP, que estudarem um período do curso na UM, obter dois diplomas ao concluir a graduação. Um válido no Brasil e outro em toda União Europeia. O acordo entre as instituições foi firmado neste mês de março.

Com este acordo entre as Universidades vigente a partir deste ano, a UENP passará a receber estudantes da Universidad de Murcia que, formados pelas duas instituições, irão obter também dois diplomas. “Com a ótima relação entre a UENP e a UM, foi possível negociar este acordo de dupla titulação. Com isso, reunimos professores daqui e de lá para discutir a equivalência de disciplinas e outros detalhes do funcionamento deste programa”, acentua Luiz Fernando kazmierczak, diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas do Campus de Jacarezinho.

A relação acadêmica entre os cursos de Direito da UENP e da Universidad de Murcia já é antiga. Desde 2010, as instituições recebem professores e acadêmicos uma da outra para estudos acadêmicos em diversos níveis. Em 2015, os programas de pós-graduação em Ciência Jurídica da UENP e da UM estabeleceram acordo de dupla titulação. Com isso, o vínculo se fortaleceu e as universidades decidiram assinar a dupla graduação.

Para a reitora da UENP, Fátima Aparecida da Cruz Padoan, essa é mais uma grande conquista para o curso de Direito e para a Universidade. “É com muito orgulho que anuncio esse acordo com a Universidad de Murcia, que permitirá aos nossos acadêmicos contemplar novos horizontes profissionais. É um passo importantíssimo para UENP e um grande incentivo para que outros cursos da nossa Universidade possam buscar, nesse mesmo sentido, acordos que viabilizem a internacionalização de suas graduações”, acentua.

Segundo o coordenador do programa de pós-graduação em Ciência Jurídica da UENP, professor Fernando Brito, esta aliança é ótima para os interesses acadêmicos da universidade. “Esta dupla graduação é muito importante para a internacionalização de nossa Universidade, para o reconhecimento da UENP por outra instituição com mais de um século de existência e também para os acadêmicos, que poderão ter uma atuação na Espanha e em toda a União Europeia”, afirma.

Até seis vagas para o programa de dupla graduação serão ofertadas todos os anos. Os acadêmicos devem estar no terceiro ano do curso ou acima. O financiamento da estada na Espanha será de responsabilidade do estudante, que poderá concorrer a editais de fomento.

2018 - TANOSITE - Todos os direitos reservados
plataforma desenvolvida por Rodrigo Campos (43) 9 8814-5432