Sexta, 15/12/2017

Cidades 05/12/2017 - Gladys Santoro - Tribuna do Vale


Comércio permanecerá fechado no dia 24


(Antônio de Picolli)
Há 12 anos, a véspera do Natal, dia 24, também caiu em um domingo, e a discussão entre os sindicatos dos Trabalhadores e o Varejista foi exatamente igual a de hoje. Ou seja, o dos comerciários quer folga aos funcionários e do varejo quer as portas abertas. Ganhou o primeiro, assim como no passado. Este ano, no domingo 24, não haverá lojas abertas. Apenas alguns supermercados trabalharão. A rede Avenida de Supermercados garantiu que o expediente será normal: das 8h às 20 horas, e o Supermercado Molini’s afirmou que abrirá também, mas ainda não decidiu o horário de fechamento.

O presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Santo Antônio da Platina, Milton Coelho disse que não há negociações que mude essa decisão. “Não estamos querendo horas extras nem trocas de feriados. Queremos que os trabalhadores descansem, recebam suas famílias, viajem se assim quiserem. Não é justo trabalhar na véspera do Natal”, afirmou.

Para o presidente do Sindicato Varejista, José Alex Figueira, embora a véspera do Natal seja em um domingo, a data é importante para o comércio. “A região inteira vai abrir. Estamos atravessando uma crise financeira grave e esse é o momento para aumentar as vendas e conseguir um equilíbrio das contas. Isso vale para os funcionários também, que precisam das lojas com as finanças equilibradas para manter seus empregos”, comentou.

Alex também salienta que o consumidor não medirá esforços para comprar o que precisa. “Se for o caso, ele vai até para Ourinhos”, disse.

Programação especial

Embora a questão do domingo 24 já esteja resolvida, ainda resta ao platinense aproveitar a abertura estendida do comércio, que começa a ficar aberto até as 22 horas a partir do dia 13.


2017 - TANOSITE - Todos os direitos reservados
plataforma desenvolvida por Rodrigo Campos (43) 9 8814-5432